Estudos de casos

FRESAMENTO EM AÇO SEM T.T.

  • Teste realizado em Aço 300M sem tratamento térmico. Objetivo deste estudo é adquirir dados para serem aplicados em produtos que utilizam este tipo de material.
  • O teste realizado em CDP fabricados em aço 300M sem T.T. (tratamento térmico). Neste CDP foram realizados testes variados de fresamento de acordo com o desenho da peça, alterando balanço e geometria das ferramentas para se obter o melhor resultado buscando a redução de tempo. Este trabalho tem o fundamento de assistir a Engenharia de Manufatura nos programas CNC.
  • Atingindo fatores de remoção de até 4,31 Kg/minuto o que é muito atrativo e podem ser utilizados em desbastes de peças. Considerando que estes valores foram obtidos com situações rígidas de peça, ferramenta e maquina.
  • Tete realizado em plantas nos USA e Brasil.


FRESAMENTO EM AÇO COM T.T.

  • Testes realizados em aço 300M tratado com dureza minima de 54 HRc. Objetivo deste estudo é adquirir dados para serem aplicados em produtos que utilizam este tipo de material com esta condição de dureza.
  • O teste realizado em CDP fabricados em aço 300M após serem submetidos ao T.T. (tratamento térmico). Neste CDP foram realizados testes variados de fresamento de acordo com o desenho da peça peça, alterando balanço e geometria das ferramentas para se obter o melhor resultado buscando a redução de tempo. Podemos observar que existe uma exigência para barras antivibratórias quando a relação é maior que 2,7 vezes o diâmetro.
  • Considerando como 100% de rendimento o balanço de 2,7 vezes o diâmetro da ferramenta. Para uma relação de 4,7 obteve um rendimento de 49%, para 6,3 obteve um rendimento de 21% e para 7,8 um rendimento de 3,2%.
  • São parâmetros que fomentam a Eng. de Manufatura na criação das estratégias de usinagem, escolha de ferramentas, quantidades, parâmetros, etc.
  • Testes realizados em planta no Brasil.


FURAÇÃO EM AÇO COM T.T.

  • Teste de furação realizado em aço 300 M tratado com dureza minima de 54 HRc.
  • Obtivemos as curvas de performance da ferramenta que alterou de acordo com a modificação nos parâmetros de corte. Tivemos os melhores resultados demonstrado pelo acabamento, tolerância, vida da ferramenta, tempo de usinagem, etc.
  • Importante dizer que a identificação do melhor parâmetro de corte, mesmo utilizado em material de alta resistente, pode oferecer muita estabilidade dimensional e vida para a ferramenta.
  • Nota: Aço 300M é um aço de alta resistência bastante utilizado em estrutura de trens de pouso. 


ALARGAMENTO EM AÇO COM T.T.

  • Teste de alargamento realizado em aço 300 M tratado com dureza minima de 54 HRc. Obtivemos as curvas de performance da ferramenta de acordo com a modificação nos parâmetros de corte. Identificamos os melhores resultados demonstrado pelo acabamento, repetibilidade dimensional e vida útil da ferramenta.
  • Testes realizados em planta no Brasil .


FRESAMENTO EM AÇO COM T.T.

  • Aço 300M tratado com dureza minima de 54 HRc. 
  • Realizados testes de interpolação (usinagem em linha). 
  • Neste caso a ferramenta possui o comprimento com 4,28 x D, diâmetro 35, 5 cortes, haste de aço. 
  • Após diversos ajustes obtivemos um fator de remoção de 0,291 kg /minuto, considerando desgaste aceitável dos insertos devido a resistência do material. 
  • Testes realizados em planta nos USA.


FRESAMENTO EM AÇO COM T.T.

  • Aço 300M tratado com dureza minima de 54 HRc.
  • Realizados testes em cavidades.
  • Neste caso a ferramenta possui o comprimento com 4,28 x D, diâmetro 35, 5 cortes, haste de aço.
  • Após diversos ajustes obtivemos um fator de remoção de 0,497 kg /minuto, considerando desgaste aceitável dos insertos devido a resistência do material.
  • Testes realizados em planta nos USA.